Dicas para higienizar halls e elevadores de condomínios

As áreas comuns do condomínio precisam de atenção especial quanto a sua higienização nesta pandemia. A importância da higienização agora vai bem além de ter apenas um ambiente limpo e agradável para oferecer aos moradores, envolve também o cuidado com a vida e saúde de cada um que mora ou trabalha ali.

Devido a intensa circulação de pessoas, tanto o hall quanto os elevadores, são a porta de entrada para quem chega e sai do imóvel. Por isso, é importante mantê-los sempre limpos para evitar a contaminação. Porém, um dos grandes desafios de quem administra esses locais é conseguir realizar a limpeza de forma eficiente e nos horários certos.

Se você está tendo essas dificuldades atualmente, separamos algumas dicas para higienização de ambientes coletivos para te ajudar.

 

Como fazer a limpeza das áreas comuns do condomínio

Para a correta limpeza desses locais, a administração deve montar um cronograma de atividades e seguir todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a completa desinfecção dos ambientes.

Fora isso, escolha sempre horários de melhor circulação de moradores para realizar a limpeza completa desses locais. O ideal é sempre no período da tarde, entre às 14h e às 16h, em que normalmente os moradores estão trabalhando.

Hall e elevadores precisam ser limpos diariamente com produtos específicos, principalmente álcool 70%. Sabe-se que o coronavírus pode permanecer vivo por até 9 dias nessas superfícies, então é vital que a desinfecção adequada seja feita até mesmo mais de uma vez ao dia.

 

Leia Mais:

>> Higienização correta para sua empresa

>> 3 dicas importantes para limpeza neste momento de pandemia

 

1) Crie uma rotina de limpeza para ser seguida

A rotina de limpeza determina quais áreas serão limpas e com qual frequência no condomínio. Como a higienização dos espaços comuns deve ser diária, estabeleça a frequência necessária e o que deve ser limpo a cada hora do dia. Determine também:

  • As escalas e horários de trabalho da equipe;
  • Os horários de menor movimentação no condomínio;
  • Quais locais devem ser limpos diariamente, semanal, quinzenal e mensalmente.

 

2) Elabore um checklist do que deve ser higienizado

Faça um checklist para que sua equipe se lembre de todos os itens que devem ser limpos. Os cuidados com a higienização desses ambiente precisa ser redobrada, pois é por meio deles que todos os moradores e visitantes têm acesso ao condomínio. Botões, paredes e espelhos precisam ser desinfetados para evitar qualquer tipo de problema.

 

3) Contrate profissionais especializados

É comum que condomínios optem pela terceirização dos serviços de limpeza e essa escolha faz toda a diferença para manter os ambientes de uso coletivo limpos e desinfetados. Empresas que atuam neste segmento possuem profissionais treinados e que conhecem todos os protocolos de limpeza, o que facilita muito a rotina de limpeza do hall e elevadores.

A Via Facilities possui experiência e profissionais capacitados para realizar os cuidados com a higienização do seu condomínio. Entre em contato e conheça esta opção que vem para trazer mais saúde, segurança e higiene para o seu imóvel.

3 itens importantes que não podem faltar na higienização de ambientes

A pandemia mudou completamente a forma como nos relacionamos com a higienização de ambientes, principalmente porque ela também é muito importante para evitar a propagação do vírus e o contágio do coronavírus. Com relação a limpeza de ambientes corporativos, um escritório limpo e organizado permite que seus colaboradores estejam seguros e garante o bem-estar de todos.

Normalmente, os produtos de limpeza para escritório são os mesmos utilizados em imóveis residenciais. Por isso, na hora de fazer a lista de compras é importante levar em consideração fatores como: tipo de piso, quantidade de pessoas no local, trânsito interno, metragem do imóvel e a frequência da limpeza.

Empresas pequenas conseguem manter com mais facilidade a higienização correta dos ambientes por mais tempo, porém com a pandemia é importante limpar tudo com mais frequência. Mesmo empresas grandes, precisam agora manter a limpeza dos ambientes diariamente para evitar qualquer tipo de contaminação.

 

Como comprar itens para higienização da sua empresa

No momento de comprar os itens de higienização é importante ter em mente o que precisa ser limpo e desinfetado e observe a frequência de uso de cada unidade. Por exemplo, uma embalagem de água sanitária de 2 litros tem duração de aproximadamente 10 dias quando diluída em água conforme orientação do fabricante.

É importante ressaltar que não é necessário exagerar na dosagem, pois a quantidade descrita no rótulo é suficiente para a correta higienização e limpeza dos ambientes. Alguns itens que não podem faltar para uma boa higienização, além do uso de máscara, luvas e sapatos apropriados, são:

 

1) Limpador Multiuso

 

Este é um produto coringa na hora da limpeza, pois pode ser utilizado em qualquer superfície lavável. Normalmente, o fabricante não indica seu uso apenas em móveis de madeira e materiais porosos.

 

2) Álcool 70%

O álcool é um excelente desinfetante e pode ser usado em vidros, espelhos, pias, metais e eletrodomésticos, com exceção de materiais emborrachados. Sua aplicação deve ser feita diretamente na superfície ou com um pano úmido. Para exterminar vírus e bactérias, deixe agir por pelo menos 10 minutos.

 

3) Água Sanitária

Este é um produto que possui propriedades germicidas e pode ser utilizada na limpeza pesada, principalmente, quando se deseja esterilizar ambientes. A água sanitária também é um produto alvejante e útil para clarear pisos, tecidos, rejuntes e azulejos brancos. Pode ser aplicada pura ou diluída em água, conforme o local que precisa ser higienizado.

 

Leia Mais:

>> 3 dicas importantes de limpeza neste momento de pandemia

>> Por que fazer a sanitização de ambientes coletivos?

 

Dicas Importantes

  • Tenha cuidado os misturar produtos de limpeza, pois algumas combinações podem ser perigosas. Um bom exemplo disso é a mistura de água sanitária e desinfetante. O hipoclorito de sódio da água sanitária quando misturada com a amônia do desinfetante formam a cloramina, que é uma substância que pode causar alergias e queimaduras.
  • Oriente sua equipe de profissionais de limpeza em relação ao uso corretos dos produtos.

 

Se a sua empresa não tem um setor de limpeza especializado e treinado para limpar e desinfetar os ambientes, a Via Serviços pode ser uma ótima solução para auxiliar este setor. A terceirização de higienização de ambiente conta com profissionais treinados e capacitados para realizar a higienização correta de todos os locais da sua empresa. Conheça mais sobre este serviço e solicite seu orçamento.