Mitos e verdades sobre a terceirização do trabalho

O que você vai encontrar neste artigo:

A terceirização do trabalho tem sido cada vez mais adotada por empresas, independentemente de seu porte. Embora seja uma solução popular, ainda é envolta em uma série de mitos.

Para evitar confusões sobre a terceirização de serviços, esclarecemos o que é mito e verdade em relação a essa solução. Continue a leitura para descobrir detalhes sobre terceirizar e entenda o porquê esse é um investimento que compensa!

O que é a terceirização do trabalho?

Antes de conhecer os principais mitos, é essencial saber o que é a terceirização do trabalho. Trata-se de uma solução que permite delegar atividades de uma empresa a terceiros.

A empresa de terceirização contratada encaminha funcionários capacitados ao cliente, que garante conhecimento especializado na execução das rotinas, profissionalizando a operação.

É possível terceirizar diferentes serviços, de acordo com a necessidade da empresa. Ao contratar essa solução, garante-se benefícios especiais, como a redução de custos, menos burocracia na contratação e manutenção da mão de obra, foco no core business, entre outros.

Terceirização do trabalho: conheça mitos e verdades

A terceirização do trabalho é um tema que nem todo mundo conhece profundamente e há muitas ideias equivocadas circulando, sobretudo na internet.

Para ajudar você a entender mais sobre o assunto, selecionamos os principais mitos e verdades sobre a terceirização de mão de obra. Confira quais são e conheça essa solução:

1. Terceirizar compromete a qualidade do serviço

Mito! Terceirizar não diminui a qualidade do serviço, pelo contrário, pode ajudar seu negócio a profissionalizar a operação. Isso acontece porque a empresa de terceirização encaminha profissionais qualificados para o cliente.

Eles possuem formação específica na área, bem como treinamentos pontuais e de atualização. Portanto, ao terceirizar serviços, a empresa garante conhecimento especializado. Isso assegura a qualidade no trabalho, eliminando erros e aumentando a produtividade.

Mas atenção a um detalhe: para garantir a qualidade, é essencial que contrate uma empresa de terceirização especializada, que disponibilize profissionais capacitados.

Para garantir isso, verifique se a prestadora de serviços contrata profissionais qualificados e se disponibiliza treinamentos a eles. Dessa forma, reduz-se a possibilidade de contratar um serviço terceirizado ruim.

2. Terceirizar resulta em perda de controle sobre processos

Mito! Não há perda de controle sobre processos se a empresa fizer um trabalho de monitoramento contínuo das tarefas e desempenho da equipe de terceirização.

Empresas de terceirização sérias realizam o acompanhamento do trabalho e monitoramento por meio de indicadores-chave e métricas. Dessa forma, conseguirá medir a eficiência do serviço e ter maior conhecimento de cada etapa do processo.

Vale lembrar que prestadoras de serviços de qualidade também atuam em parceria com o cliente, afinal, ninguém melhor que ele para conhecer as necessidades do negócio. Portanto, se houver essa parceria, menor o risco de perda de controle.

3. Somente empresas grandes podem terceirizar

Mito! A terceirização de serviços é uma solução versátil, que pode ser contratada por empresas de quaisquer portes. É possível adaptar o serviço à realidade do cliente, seja com a terceirização de apenas um profissional ou de uma equipe grande. 

A contratação do serviço não depende do porte da empresa, mas sim de sua necessidade. Portanto, não caia nessa, seu negócio pode terceirizar mesmo se for pequeno.

Inclusive, ao terceirizar é possível ter maior escalabilidade, podendo crescer a equipe em épocas específicas ou em projetos de expansão sem ter um custo elevado para isso.

Leia também:

>>> Como escolher a empresa de serviços terceirizados

4. Terceirizar é mais caro que contratar por conta própria

Mito! A terceirização é a solução ideal para reduzir custos operacionais envolvendo a atividade. Por exemplo, suponha que precise de um serviço de limpeza e conservação de ambientes.

Se contratar a equipe por conta própria, terá de fazer processos seletivos, o que é caro e demanda tempo para encontrar os profissionais perfeitos para a função.

Também é necessário investir tempo e dinheiro em treinamentos internos, bem como em administração de pessoal, pagamento de encargos trabalhistas e compra de uniformes, produtos para realizar o trabalho e equipamentos de proteção individual (EPIs).

Com a terceirização, é possível eliminar essas tarefas e reduzir custos. A prestadora de serviços é a responsável pela seleção e treinamento de profissionais, bem como pelas rotinas de administração de pessoal.

Além disso, fornece uniformes, produtos e EPIs, dispensando o cliente da necessidade de buscar por fornecedores para compra de cada um desses itens. Portanto, além de economizar também é possível ter maior comodidade.

5. Pode terceirizar somente atividade-meio

Mito! A terceirização de atividade-fim também é prevista em lei. Vale lembrar que a atividade-meio é aquela que não corresponde à finalidade da empresa. Já a atividade-fim é a que está diretamente relacionada com o objetivo do negócio.

Para ficar mais claro, basta considerar uma indústria farmacêutica. Sua atividade-fim é a produção de medicamentos. Tudo o que não estiver diretamente relacionado a isso é uma atividade-meio. Um ótimo exemplo é a limpeza de ambientes, serviços de copa, entre outros.

Logo, a empresa pode terceirizar legalmente atividade-fim e atividade-meio, garantindo um serviço de qualidade superior em vários âmbitos.

6. Existem riscos trabalhistas ao terceirizar

Mito! A empresa contratante do serviço não tem vínculo empregatício com os funcionários terceirizados, somente a prestadora de serviços possui. Na prática, isso significa que ela assume a responsabilidade pelo contrato perante a lei.

É a prestadora de serviços que faz o pagamento de encargos trabalhistas, bem como de salários. Portanto, o contratante não tem essas obrigações.

No entanto, atenção a um detalhe: é fundamental que contrate uma empresa de terceirização séria, que cumpra compromissos com os funcionários. Dessa forma, evita-se dor de cabeça no futuro.

7. A empresa precisa ter funcionários internos para poder terceirizar

Mito! A empresa contratante não precisa ter funcionários internos. Inclusive, ela pode fazer a terceirização de todos os seus processos internos, não há nada na legislação que obrigue a empresa ter funcionários próprios.

8. Não é possível terceirizar para demandas pontuais

Mito! A terceirização é flexível e o cliente pode contratá-la para atender demandas pontuais e não somente fixas. Por exemplo, suponha que queira aumentar sua equipe na Black Friday e no Natal. A terceirização viabiliza isso!

Na hora de terceirizar, conte com a expertise da Via Facilities e seu portfólio de serviços completo!

Leia também:

>>> 6 vantagens que terceirização proporciona a uma empresa

>>> Quais são os direitos dos trabalhadores terceirizados?

Posts Relacionados

Thumbnail Post

Terceirização de portaria: como a tecnologia pode revolucionar esse meio?

Entenda mais sobre terceirização de portaria e saiba como esse serviço pode ser totalmente benéfico e qualificado para a sua empresa.

Leia mais
Thumbnail Post

Por que terceirizar a limpeza da minha empresa?

Confira motivos e benefícios de terceirizar a limpeza de empresas e entenda o porquê vale a pena fazer esse investimento em seu negócio!

Leia mais
Thumbnail Post

Terceirização de empresa de limpeza: por que é importante optar por isso?

Descubra a importância de investir na terceirização de empresa de limpeza e conheça quais são as vantagens que a solução oferece!

Leia mais