Funcionário CLT, PJ ou empresa terceirizada. O que vale a pena contratar?

Ter mais profissionais é um passo importante para viabilizar o crescimento da empresa, afinal, uma equipe maior consegue realizar mais atividades e gerar resultados significativos em menor tempo.

Quando a empresa decide ampliar seu quadro de funcionários se depara com três opções de contratação: CLT, PJ e a terceirização de mão de obra. É aí que surge a dúvida de qual seria a melhor opção. Aqui, indicamos qual vale a pena. Confira!

Modalidades de contratação

  • CLT

Trata-se da modalidade de contratação tradicional, baseada na Consolidação das Leis de Trabalho. Nela, o empregador tem a segurança de montar uma equipe com funcionários fixos, mas a burocracia e gastos envolvidos são altíssimos.

A empresa é responsável pelo recolhimento de INSS e FGTS, 13º salário, benefícios, férias remuneradas, entre outros gastos, além de estar mais sujeita a processos trabalhistas.

  • PJ

Na modalidade PJ (Pessoa Jurídica), a empresa contrata um profissional por tempo determinado, como para a realização de um projeto. A vantagem ao empregador é a redução de custos e da burocracia, já que não se faz necessário cumprir procedimentos legais e pagar encargos trabalhistas.

Em contraposição, o profissional não tem obrigações específicas com a empresa, ou seja, ele não precisa cumprir os mesmos horários, só necessita entregar suas demandas. Se a intenção for controlar melhor a rotina do PJ, essa não é a melhor opção.

  • Empresa terceirizada

Nesta modalidade, delega-se à empresa de serviços terceirizados a responsabilidade pela contratação, treinamento e pagamento dos funcionários, o que diminui consideravelmente a burocracia, custos e chance de processos trabalhistas. Por isso, tem sido uma opção bastante procurada atualmente.

Qual vale a pena?

Pensando em curto e longo prazos, o investimento em empresas terceirizadas em Curitiba acaba sendo a melhor opção de contratação, porque descomplica o trabalho do cliente, apresenta menor risco e menos burocracia.

Além disso, com a terceirização é possível contratar um profissional altamente capacitado por um custo reduzido, o que fará toda a diferença no orçamento da empresa.

Posts Relacionados

Thumbnail Post

STF decide que é constitucional emprego de terceirizados na atividade-fim das empresas

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (30), por 7 votos a 4, que é constitucional o emprego de terceirizados na atividades-fim das empresas.

Leia mais
Thumbnail Post

Quais são os direitos dos trabalhadores terceirizados?

Trabalhadores de empresa de serviços terceirizados normalmente se veem com uma dúvida: quais são seus direitos? Para esclarecer essa questão, preparamos esse artigo. Continue a leitura e saiba o que é garantido ao colaborador terceirizado.   Trabalhador terceirizado O trabalhador terceirizado é contratado por regime CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) pela empresa que presta serviços […]

Leia mais
Thumbnail Post

Vale a pena terceirizar a manutenção predial?

A manutenção predial é uma das principais atividades de todo condomínio, seja ele residencial, comercial ou empresarial. Para executá-la, é preciso ter conhecimento e mão de obra especializada. Como nem sempre é fácil encontrar pessoal qualificado para isso, uma dúvida costuma ser comum: será que vale a pena terceirizar a manutenção predial? Neste post, esclarecemos […]

Leia mais